TELEVENDAS: (11) 4638-7875 | Whatsapp: (11) 98259-2619

Condições Especiais Toy Sexshop

As melhores posições para o orgasmo anal masculino

Um dos primeiros estudos científicos envolvendo a próstata chegou à conclusão de que o orgasmo produzido pelo estímulo dessa região pode ser intenso e excepcionalmente prazeroso, até mais do que o orgasmo produzido pelo estímulo do pênis.

Conduzido pela Universidade de Sheffield, no Reino Unido, o estudo foi publicado em 2018 pela na revista Clinical Anatomy, especializada em assuntos que englobem a ciência do corpo humano.

O prazer da próstata

O porquê do prazer sentido numa área tão pouco usual na cultura ocidental e cheia de tabus pode ter relação com sinapses cerebrais, ativadas através de reconexões de neurônios incentivadas pelo estímulo da próstata, e pela chamada “inevitabilidade do orgasmo”, ou seja, quando o prazer não pode ser controlado.

Isso tem relação direta com o conhecimento do próprio corpo e pela quebra de preconceitos, e é por isso que muitos homens concentram suas atividades sexuais unicamente no pênis e, por isso, deixam de aproveitar outra área do corpo que pode gerar um prazer ainda maior.

Para ajudar na libertação dessa amarra e conduzir um conhecimento consciente e saudável do corpo masculino, iremos enumerar aqui algumas posições indicadas para uma penetração anal menos dolorosa e que propicie o prazer através da próstata.

A famosa posição “de quatro” é a mais indicada?

Uma das favoritas dos casais que gostam de ousar um pouco durante a prática sexual, a posição de quatro não é a mais indicada para a penetração anal – ao menos para iniciantes. Aliás, esse o primeiro ponto: com a frequência da penetração anal através de dedos, vibradores, consolos ou do próprio pênis, o casal passa a executá-la com mais naturalidade, o que favorece todo o ato.

Mas, voltando à posição, ficar de quatro permite uma penetração profunda (não é a toa que é uma das mais populares, frequentemente retratada em filmes eróticos, inclusive), o que pode não ser muito agradável e chega até a gerar dor e desconforto.

Entretanto, se o casal estiver realmente interessado em explorar essa posição, use e abuse de lubrificantes a base de água, visto que a região não é naturalmente lubrificada.

Aliás, independente da posição escolhida, a dica do lubrificante é essencial para uma prazerosa penetração anal.

O prazer de bruços

Uma das posições mais recomendadas para iniciantes é a de bruços, onde o penetrado permanece deitado de bruços, com as nádegas expostas para cima, e o parceiro ou parceira realiza a penetração com cuidado, preferencialmente com um plug anal, vibrador ou dedo.

Essa “preparação” facilita o processo, pois envia uma mensagem para o corpo de que aquele canal será utilizado, o que proporciona sua expansão. A posição, por sua vez, ajuda a não deixar o ânus muito acessível, o que evita penetrações mais profundas e incômodas.

A conchinha e o prazer da próstata

Uma posição similar que também é indicada para iniciantes é a famosa “conchinha”, onde o penetrado se acomoda de lado, com as pernas flexionadas e os joelhos na altura da cintura, e o parceiro ou parceira que realizará a penetração posiciona-se atrás, também de lado.

O efeito aqui é o mesmo da posição de bruços: ânus pouco exposto e maior controle da penetração.

A conchinha revisitada

Há, por fim, uma variação da conchinha que chamaremos aqui de “conchinha revisitada”. Aqui, os parceiros ficam um de frente pro outro, se olhando, e uma das pernas do homem que será penetrado é entrelaçada por trás do seu parceiro ou parceira.

Trata-se de uma forma interessante de praticar uma posição indicada para iniciantes e, ao mesmo tempo, sair da mesmice após algumas vezes recorrendo à conchinha tradicional.

Posições controladas pelo penetrado

Quando há penetração, se estabelece uma relação de dominante e dominado. Normalmente, quem é penetrado se coloca como quem não está no controle da situação, ou seja, a mercê de quem irá penetrá-lo.

Por mais que isso aconteça, não precisa ser necessariamente assim. Se isso auxiliar na prática sexual envolvendo o ânus, permita que o parceiro que será penetrado controle a frequência e a profundidade da penetração. Isso passará ainda mais segurança para ele e, consequentemente, mais tranquilidade e satisfação durante a relação.

Para esse caso, temos duas posições sugeridas

Exposição controlada: o penetrado deita com o abdômen para cima, abrindo as pernas para que o parceiro ou parceira se encaixe no local.

A partir dai, com a exposição ainda mais restrita do ânus, toda a penetração será controlada por quem está sendo penetrado, o que permite um afastamento instantâneo caso a relação não esteja sendo prazerosa para ele.

Estimulação variada: quem irá penetrar deve se deixar de costas e com o corpo esticado. Quem será penetrado, por sua vez, deve sentar sobre o pênis, vibrador, consolo ou dedo e, por fim, realizar o movimento de vai e vem com o auxílio das pernas.

Dessa maneira, a velocidade e a intensidade da penetração serão controladas pelo penetrado que pode, inclusive, cessar com a relação rapidamente ao se levantar. Além disso, o penetrado pode ser masturbado nessa posição, o que facilita imensamente o orgasmo.

Você já pensou em descobrir novas formas de prazer através do ânus? Já considerou alguma das posições que sugerimos aqui? Para mais dicas, não deixe de acompanhar nosso blog!

Deixe uma resposta